Vale a leitura porque... o fato de o sistema bancário brasileiro ser extremamente concentrado está dando oportunidade para as fintechs, as startups financeiras que se apoiam em tecnologia... elas começam a atuar no mercado B2B, prometendo redução de custos, crédito mais barato e fácil e solução de problemas específicos com menos burocracia. (Ainda não se sabe como as medidas microeconômicas anunciadas pelo governo em dezembro último vão afetá-las.)

Após conhecer as mudanças práticas no cenário, assista a Negócios exponenciais e disruptivos, palestra realizada por Salim Ismail, cofundador da Singularity University. Ele fala sobre os desafios de inovar em ambientes empresariais, os três componentes fundadores de uma empresa exponencial.

Em O impacto tecnológico nos negócios, Reggie Bradford, VP Sênior de desenvolvimento de produtos da Oracle, conversa com o CEO da HSM, Guilherme Soarez, sobre o papel a ser adotado pelos líderes neste ambiente de recorrentes avanços tecnológicos e como o conteúdo e relacionamento ganham importância na dinâmica com o consumidor.

Diante desse processo de transformação constante, a presidente da Microsoft Brasil, Paula Belizia, fala na HSM Expo sobre a revolução tecnológica; ela aponta o que há de mais notável na chamada quarta revolução industrial; faça uma viagem por esta reflexão tão interessante de um período tão interessante de se viver.

Viver uma revolução tecnológica requer decisões que vão muito além da tecnologia. Nesta entrevista, Sérgio Rial, presidente do Santander Brasil, nos apresenta seu ponto de vista sobre a verdadeira transformação que vivemos.

Por fim, o Guia estratégico para a indústria 4.0 apresenta o caminho das pedras de como fazer parte deste momento único na história da humanidade. Que tecnologias estão sendo entregues e desenvolvidas, quais setores do mercado estão aderindo e os desafios que este novo momento apresenta. Estudo PWC Strategy&