Ed Carolan sabe tudo sobre como fazer sopa. Também é mestre em utilizar objetivos de desempenho para motivar os funcionários da linha de frente. Do início de 2007 até o final de 2009, ele era o gerente-geral da StockPot, divisão da Campbell Soup que produz sopa fresca refrigerada para serviços de alimentação.

Conversamos com Carolan ao visitar as instalações de sua empresa, em Everett, Washington, EUA, no início de 2009. Esperávamos encontrar alguém que combinasse com o estereótipo de gerente de indústria: cabelo bem cortado, sobriedade e ar técnico. Entretanto, o homem que apareceu tinha cavanhaque e usava botas pretas de motociclista. “Prontos para uma visita à fábrica?”, disse ele, e em poucos minutos estávamos fazendo um tour como nenhum outro que já tivéssemos experimentado: tão detalhado, agradável e cheio de novidades que parecia que estávamos em um episódio de Vila Sésamo.

Descobrimos que Carolan havia se tornado vice-presidente e gerente--geral da StockPot em janeiro de 2007. Na época, a empresa precisava de uma reviravolta. Nos dois dois anteriores à chegada de Carolan, a lucratividade havia caído muito, com o declínio das vendas. A subsidiária estava quase em último lugar no ranking de segurança e de outras métricas operacionais da cadeia de fornecimento da Campbell mundial. O envolvimento dos funcionários seguia o mesmo caminho.