Transcrição:
Clique na frase para navegar pelo vídeo

Tom, o que quer dizer com gerenciamento de alto desempenho e liderança de alto desempenho?

E o que as empresas hoje em dia esperam desses líderes?

Nos deparamos com mudanças que podem ser as mais significativas em 200 anos. E então, quando falamos de liderança de alto desempenho,

na minha mente, isso diz respeito à aceitação da loucura da época, prontidão para mudar e inovar, e à habilidade de criar um lugar pequeno, grande, médio

que esteja sempre cheio de empolgação. Isso é o topo da lista para mim, em termos do que as pessoas deveriam esperar de seus líderes. Tenho uma opinião muito forte:

se está em uma empresa há 6 meses ou 6 anos, deveria esperar pessoalmente crescer dramaticamente. Se não está crescendo, não é empregável no início dos anos 2000.

E quais são os problemas principais que estão afetando as organizações? E por que precisam ser transformadas?

Organizações grandes, independentemente da nova tecnologia, ficam cada vez mais lentas. Ficam burocráticas. Ouvimos que vão nivelar a organização, vão usar tecnologia para fazê-lo,

e assim por diante. E há certamente alguma verdade nisso. Mas as gigantes simplesmente ficam volumosas, lentas, ficam sem imaginação. Pode reverter isso? Bem, acabei de falar com alguém sobre isso

e talvez venda as partes velhas e invista principalmente nas partes novas. Mas se está conduzindo uma nação, por exemplo, incluindo minha própria nação gigante, os EUA,

não espere que empresas grandes sejam as fornecedoras de novos empregos. Elas têm seu propósito, mas empresa grande empolgada simplesmente não é parte da linguagem.

No seu livro "Excellence. No Excuses!", fala sobre a importância dos sargentos no exército, os supervisores da linha de frente. O que os líderes deveriam saber sobre essas pessoas?

No exército, os sargentos são a chave para o sucesso no campo de batalha. Nos negócios, os sargentos são a chave para funcionários felizes,

produtividade, qualidade, e assim por diante. Nos negócios chamamos os sargentos de supervisores da linha de frente. Supervisores da linha de frente tendem a serem treinados

para fazerem algumas tarefas mecânicas. A supervisão da linha de frente deveria ser apenas o oposto disso. Eles são os responsáveis ou quem tem a oportunidade de energizar

6, 7, 10, 12 ou 15 pessoas com quem trabalham. Então, meu primeiro mandamento ou segundo, ou um dos meus 3 primeiros mandamentos

é desenvolver um grupo completo incrivelmente talentoso, vigoroso de liderança de linha de frente. Os efeitos podem ser rápidos e lhes garanto que serão dramáticos.

Essa será a última pergunta. No livro, também propõe aos líderes seniores enumerar as pessoas principais que formaram em suas vidas.

Como um líder pode realmente fazer uma diferença nas vidas das pessoas?

Bem, lugares que sobreviverão serão cheios de energia e cheios de empolgação.

É a energia e a empolgação que permitem que as pessoas no Vale do Silício, como os Googles e os Facebooks, atraiam pessoas extraordinárias. Mas líderes excelentes podem fazer qualquer coisa ser empolgante.

Podem fazer um restaurante ser empolgante, podem fazer uma oficina mecânica de carros ser empolgante. E esse realmente é o fator crítico.

Além da empolgação, o líder tem que ser,

como prioridade número 1 ou 2, realmente obcecado em ajudar as pessoas a crescerem. O antigo CEO da Apple Computers, não o Steve Jobs, mas John Sculley,

disse uma vez, ou disse em sua autobiografia: "Não podemos te prometer um emprego para vida na Apple. Não podemos te prometer um emprego por um ano.

A propósito, não podemos nem te prometer um emprego por 6 meses. Mas o que te prometemos é que terá uma experiência de aprendizado extraordinária, que não poderia ter tido em nenhum outro lugar.

Seja por 3 meses ou 3 anos." E acho que isso na verdade se aplica a organizações de todos os tamanhos.

Eu lembrei de só mais uma pergunta. Acha que os líderes podem ser treinados, desenvolvidos? Ou crê que líderes nascem assim?

A pergunta é sempre: a liderança é inata ou pode ser cultivada? E acho que qualquer pessoa em sã consciência diria: “Ambos.” Há coisas que vêm com o pacote de genes e

com o desenvolvimento da criança durante os primeiros 5 anos que são difíceis de superar. Dito isso, acho que muitas habilidades básicas

podem ser ensinadas. Acho que as pessoas... Talvez não possa fazer com que alguém seja entusiasmado. Mas pode lhe dar um conjunto de ferramentas incríveis.

E o que descobri é que se as ferramentas funcionam e a organização está tendo desempenho melhor, então, de fato, seu entusiasmo cresce.

Então, treinar, desenvolver, seja como queira chamar, acho que pode ter um papel muito grande.