Transcrição:
Clique na frase para navegar pelo vídeo

Por que não começamos definindo estratégia e inovação? Na minha maneira de pensar eles são a mesma coisa Não existe estratégia a não ser que exista a inovação

Porque eu vejo estratégia como a criação de valores, estratégia não é a apropriação de valores Portanto, estratégia é sobre criação de valores e estratégia é sobre inovação E é adaptável a mudanças, isso que é inovação, então eu defendo que as duas são a mesma coisa

O que você quer dizer com apropriação de valores e qual a diferença de criação de valores? Apropriação de valores é... você essencialmente analisa uma indústria existente E tenta achar um lugar dentro dessa indústria para ganhar lucros

enquanto a criação de valores é criar indústrias e tentar achar um lugar dentro da indústria para ter lucro transformando as regras das industrias já existentes, isso é que é criação de valores. O que é importante é que estratégia é a criação de valores.

Você também questiona a efetividade de alguns bônus relacionados à inovação Alguns bônus relacionados a achar melhores maneiras de fazer as coisas, você pode explicar? Eu acho que o que eu sou particularmente contra é dar bônus baseado em resultados quando você está inovando

Porque quando você dá bônus baseado em resultados, você não faz os resultados Você obtém resultados nos negócios de núcleo, quando eles dão bônus com base nos resultados Mas isso não funciona em inovação, porque inovação por definição é um experimento

Um investimento hoje para ter resultados mais tarde, por isso, você na verdade faz com que as pessoas se tornem responsáveis pelo aprendizado Então elas aprenderão a tomar melhores decisões, e melhores decisões ultimamente, levarão a ter melhores resultados

Portanto, os bônus não devem ser baseados em resultados, bônus devem ser baseados no aprendizado Como você mediria aprendizado? Porque outras pessoas dizem que voce precisa tolerar ou até mesmo abraçar o fracasso para realmente ter inovação.

Eu acredito que as duas coisas são a mesma, porque para mim, aprender é converter suposições em conhecimento Porque em inovação tudo o que você tem são conjecturas sobre o futuro Você tem suposições sobre o futuro e o que você está fazendo é testar suposições

E isso é o mesmo que fracasso, porque você quer tolerar o fracasso Fracasso para mim não é nada mais do que converter suposições em conhecimento Quando você diz que fracassou, o que você esta essencialmente falando, é que a suposição que você fez estava errada

E eu desejo a muitas pessoas esse fracasso porque é um exercício na construção do conhecimento Depois de muitos anos pesquisando sobre inovação, você teve trabalho sabático e começou a trabalhar com GE E lá você me disse que aprendeu muito, quais são as coisas que você aprendeu enquanto trabalhando numa grande corporação como a GE?

O que eu descobri é que eu fui para a GE pensando que eu queria ensiná-los o que eu havia pesquisado e eu sai como um estudante, e eu aprendi sobre muitos fenômenos novos e o que realmente chamou minha atenção foi, como pensamos sobre mercados emergentes?

Porque tipicamente quando as companhias vão para mercados emergentes eles procuram eles encontram um segmento de cliente Que parecem similar com o segmento que eles estão acostumados nos Estados Unidos e eles tentam vender para esse segmento

Mas o que descobrimos é que a abordagem em mercados emergentes é procurar por aqueles que não são consumidores Por isso te dá uma oportunidade de inovar, então nós escrevemos sobre esse conceito de inovação reversa Que é como levar inovação dos países pobres para os países ricos, considerando que nós pensávamos que nunca deveria ser dessa maneira

Você pode me dar exemplos de inovação reversas bem sucedidas? Inovação de países pobres indo para países ricos? Esse é um fenômeno que está apenas começando, por isso você verá mais disso, mas um bom exemplo é a GE, que inovou uma máquina de ultrassom portátil

na china. GE vende uma máquina de ultrassom nos Estados Unidos por 350 mil dólares Um segmento da população chinesa consegue comprar essa máquina, mas a maioria deles não pode Então a GE inovou uma máquina de ultrassom portátil que custa 15.000 dólares

Essa máquina de 15.000 dólares veio para os Estados Unidos e criou novas aplicações Por exemplo, imagine que há um acidente na estrada e uma ambulância está indo para lá Você não pode colocar a máquina gigante de US$350.000 na ambulância

mas você pode colocar um laptop, que é o ultrassom portátil de US$15.000, então isso criou novas aplicações de uso. Você acha que isso vai levar muitas das capacidades de desenvolvimento e pesquisa das corporações a se mudarem para o leste, para a China, Índia e trabalharem lá?

Sem dúvida! Você não pode inovar na Índia ou na China de Milwaukee Você tem que colocar os seus recursos lá e isso significa recursos de P&D, recursos de marketing Porque se você tiver um problema com o seu consumidor você tem uma estratégia de marketing lá

Isso é provavelmente um dos maiores desafios que a empresa tem porque se trata de mudar a base do poder, deslocando recursos Deslocando o poder de tomada de decisão, isto não é fácil para as empresas Eles transfeririam as sedes? Você prevê isso para os próximos 5 ou 10 anos?

Companhias americanas tradicionais mudando a sua sede para o leste? Sem dúvida! E já esta acontecendo, na verdade eu vi um anúncio, hoje mesmo John Rice que é o vice presidente da General Electric foi fisicamente transferido para a China

para ser o responsável pelo mercado emergente O que para mim é uma declaração fenomenal, pois ele costumava trabalhar em Fairview, Connecticut E agora ele foi apontado como o cabeça dos mercados emergentes e transferido para a China, portanto, isso já começou a acontecer

Você comparou inovação com escalar uma montanha. Quais seriam as lições e analogias de se escalar uma montanha com inovação? Mais uma vez, ao escalar uma montanha, o que acontece é que as pessoas ficam muito empolgadas com o desafio, que é chegar ao topo da montanha

mas tem um outro desafio que é descer ... com segurança ... com segurança ... e existem muito mais perigos na descida do que na subida em muitas montanhas então esse é o outro lado de inovação, um lado da inovação é achar a grande ideia

as pessoas ficam muito empolgadas quando elas acham a grande idea, mas elas esquecem que existe algo que se chama execução. Portanto, não é que um lado seja mais importante do que o outro, mas a nossa tendência é ignorar. Quando olhamos o crescimento de pensadores em gerenciamento, tem muitos indianos no topo

dos pensadores em gerenciamento no mundo. Isso é devido ao tamanho da população e porcentagem de representação, ou é uma nova maneira de pensar, uma nova maneira de pensar que é mais apropriada para os tempos atuais? É interessante, eu acho que é uma combinação, certamente nós temos 1.5 bilhões de pessoas, então pode ser,

a menos que Deus discrimine e dê a mesma porcentagem de inteligência para pessoas em cada país, pelo tamanho da população. Porém, eu também acho que é a maneira ocidental de pensar, ou seja, somos muito, muito bons com o nosso sistema educacional, e assim por diante

Somos motivados por dados, usamos muita memória, exercitamos muito o nosso lado esquerdo do cérebro. E quando viemos para os Estados Unidos eles nos pedem que exercitemos o nosso lado direito do cérebro Pensamento crítico e assim por diante, e essa é uma combinação letal para esses indianos, eles vem com muitas habilidades

Muitas habilidades matemáticas, famintos por informação, e nos é dado habilidades mais leves, a habilidade de pensar e é essa combinação, acredito eu, que produz mais dos pensadores da Índia. Quais seriam as implicações do que você está dizendo na educação de executivos?

Como criar e educar os pensadores do amanhã? Eu penso que, a chave para mim é, precisamos pensar em quais são os grandes problemas Que a humanidade enfrentará nos próximos 50 anos

Eu vejo que os dois grandes problemas são a mudança no crescimento de países desenvolvidos para países em desenvolvimento É uma grande mudança e isso significa que veremos grandes oportunidades entre os 5 bilhões de pobres, o mundo tem 7 bilhões de pessoas, 2 bilhões são ricos

e conseguem comprar os produtos que os Americanos e outros países ricos produzem e 5 bilhões, foram deixados para a caridade cuidar, mas eles vão ser os consumidores agora. O segundo é a sustentabilidade, sustentabilidade do meio ambiente

esse será um problema muito sério, porque quando você traz esses 5 bilhões para a base de consumo se eles começarem a consumir, criaremos uma catástrofe ambiental, caso nosso foco não seja de produtos sustentáveis.

Portanto, colocar o foco nesses dois assuntos nos programas de desenvolvimento de executivos que abordam esses dois assuntos, porque é um desafio particularmente diferente do que já enfrentamos até agora. Por isso que eu diria que concentrar-se nessas duas questões é uma boa maneira de preparar lideres.

Finalmente, quais as empresas que, além das inovadoras como a Tata você nota como exemplos do equilíbrio certo em inovação, ideais e execução? Eu diria uma empresa como a Infosys, que é uma empresa terceirizada de informática

É uma empresa que realmente se concentrou nesse balanço entre eficiência, que é o que você precisa no núcleo do seu negócio E inovação que é sobre construir o futuro, essa troca de curto prazo a longo prazo é uma questão fundamental para empresas

Deixa eu te dar um exemplo da Infosys, cerca de 15 nos atrás, Infosys

tinha um cliente, que era uma empresa da Fortune 10 que exigiu que Infosys dessem à eles concessões nos preços

Essa empresa da Fortune 10 representava 25% das vendas e receita da Infosys naquele tempo Imagine por um momento, primeiramente, é uma empresa Fortune 10, eles são muito grandes e eles têm a vantagem sobre você

Eles também representam 25% da sua receita e eles estão exigindo uma concessão nos preços Se você é o diretor executivo, é muito fácil ceder porque você não quer perder a receita Esse é uma troca de curto prazo e longo prazo, e naquela época o Sr. Murthy que era o diretor executivo, e a equipe de gerenciamento decidiram recusar

Quando você deixa um cliente, que é responsável por 25% da sua receita, de repente, amanhã, você está tomando um golpe enorme e devastador para o curto prazo Mas o que eles estavam essencialmente dizendo era: Se cortarmos os preços, muito, talvez tenhamos que sacrificar a qualidade do serviço

Talvez não sejamos capazes de investir em pessoas, investir em tecnologia, investir em P&D Eventualmente, a longo prazo nossa marca será afetada, a longo prazo nossos lucros vão ser afetados Essa é uma troca a longo prazo e curto prazo que a empresa estava disposta a fazer

E foi melhor para eles porque eles preservaram o longo prazo Não somente isso, mas eles também fizeram uma reunião com um analista 48 horas depois de tomar a decisão e voluntariamente, não havia nenhum requerimento na Índia que você tem que compartilhar essa notícias...

Eles voluntariamente falaram para os investidores: temos que dizer para vocês que perdemos 25% da nossa receita E é preciso coragem! Considerando que muitos vêem esse tipo de notícias de curto prazo como má notícia. Eles essencialmente compartilharam a notícia e disseram, essa é a razão de tomarmos essa decisão

Então eu diria que esse é um bom exemplo de empresa Para continuar com a história, como o mercado reagiu quando eles proativamente disseram Estamos perdendo isso por causa desse alvo. Como o mercado reagiu?

Como a empresa Fortune 10 reagiu nos próximos 2 ou 3 anos? Eles retornaram? A empresa Fortune 10 não retornou. Mas o mercado, os analistas, claro que não ficaram muito felizes

Quando você perde 25% da sua receita, mas você é capaz de contar uma história coerente? E a equipe da gerência, olhou nos olhos dos investidores e disse, vocês sabem de uma coisa a razão pelo qual estamos desistindo disso é porque se aceitarmos essa redução de preço dessa empresa,

eu tenho certeza que os outros 75% dos nossos clientes também vão demandar uma concessão no preço quando souberem que demos uma grande concessão de preço para um cliente. Segundo, não teremos condições de investir em pessoas, investir em tecnologia

realmente manter a nossa qualidade premium, que é a nossa fundamentação. Entretanto estamos abrindo mão disso, e adivinha só, vamos encontrar substitutos Não temos as respostas, mas vamos trabalhar muito para manter nosso padrão e arrumar mais negócios

Imediatamente as ações da empresa sofreram um pouco, mas as pessoas estavam observando Como parte também, eles estavam olhando o histórico da empresa No passado, você cumpriu com o que disse, entretanto ela não sofreu muito

Houve uma reação negativa no início, mas isso parou, essa é uma companhia pública de comércio. Porém, as ações dessa empresa, estão muito bem, desde o acontecido, porque eles cumpriram com o que eles disseram que fariam A receita de venda deles, naquele tempo, quando fizeram isso era 250 milhões de dólares

Isso foi 10 anos atrás, a receita de venda deles agora é 5 bilhões, eles cresceram 25 vezes nos últimos 10 anos.