1. Dar saltos. Você vai rápido para a solução? Isso não é modo de resolver problemas complexos.
  2. Fixações. São os modelos mentais, vieses, pressupostos e tudo o que impede de pensar diferente 
  3. Pensar em excesso. Somos todos artistas na arte de complicar problemas.
  4. Satisfazer-se rápido demais. Soluções simples e óbvias, mas medíocres, também não são boas. 
  5. Rever metas para baixo. Trata-se de querer declarar uma vitória que não existiu. 
  6. “Não fui eu que tive a ideia... então não vou apoiar.” É queixa frequente no Brasil.
  7. Autocensura. Rejeitar as próprias ideias por medo de que fracassem é a pior das sete falhas.