Fundada há seis anos, a Favela Vai Voando tem mais de cem agências espalhadas pelo território nacional, todas dedicadas a vender passagens aéreas à vasta massa de consumidores das comunidades. Mas o verdadeiro valor da empresa está no trabalho desenvolvido para os moradores das periferias.

"Vemos o brilho no olhar de cada morador de favela, tanto do comprador quanto do vendedor, já que os donos das agêMarilza Pereira Athayde próprias comunidades", conta Marilza Pereira Athayde, CEO da Favela Vai Voando. "Temos um imenso orgulho de saber que proporcionamos a eles terem o seu próprio negócio, serem seu próprio patrão", completa.

A companhia é um dos 20 braços do grupo Favela Holding (FH), idealizado por Celso Athayde. O intuito principal dos trabalhos estabelecidos pelo grupo é trazer luz às diversas oportunidades que o mercado de consumo das periferias apresenta para o grande varejo, desenvolvendo o setor e criando marcas que abarcam essa classe de consumidores por vezes negligenciada, mas que possui imenso potencial de compra.