Todos os anos, o jornaleconômicoThe Wall Street Journal divulga uma lista das empresas de tecnologia limpa financiadas por capital de risco nos Estados Unidos. Em 2011, o Recyclebank ficou em primeiro lugar, entre cerca de 150 companhias. Ele se autodefine como uma empresa de tecnologia limpa apoiada por capital de risco que mantém o foco em incentivar o comportamento ecologicamente responsável, em grande escala.

O Recyclebank surgiu por iniciativa de Ron Gonen, durante seu MBA na Columbia University, em Nova York, quando se interessou pela ideia de criar um banco de reciclagem. Sabia que o modelo deveria ser testado em um município e conseguiu emplacar um projeto-piloto na Filadélfia.

Um dos primeiros investidores foi a própria universidade, que possui um fundo de capital de risco para investir em negócios de seus estudantes. Com essa contribuição e a de outros dois investidores, chegou-se à segunda rodada de financiamento, liderada pela Kleiner Perkins, Caufield & Byers (KPCB), uma das maiores empresas de capital de risco do Vale do Silício, que vinha investindo em tecnologias limpas e apoiando quem colocasse ênfase no comportamento do consumidor. A terceira rodada foi encabeçada pelo Generation InveInvestmentagement, fundado por Al Gore.