David Reimer

David Reimer (22 de agosto de 1965 – 5 de maio de 2004) foi um indivíduo canadense nascido saudavelmente do sexo masculino, mas que teve a sua identidade sexual modificada e foi criado como uma menina depois de o seu pênis ter sido acidentalmente destruído durante uma circuncisão. O psicólogo John Money supervisionou o caso e relatou que a atribuição de identidade sexual foi um sucesso, como uma evidência de que a identidade de gênero é principalmente aprendida. O sexólogo Milton Diamond mais tarde relatou que Reimer não se identificava como menina entre os 9 a 11 anos, e que ele começou a viver como um homem aos 15 anos. Reimer decidiu expor sua história publicamente para desencorajar práticas médicas similares. Ele cometeu suicídio, devido aos anos de sofrimento de depressão nervosa, instabilidade financeira e um casamento conturbado.

David Reimer nasceu do sexo masculino, com um irmão gêmeo idêntico, em Winnipeg, Manitoba. Seu nome de nascimento era Bruce, e seu irmão gêmeo foi chamado Brian. Com a idade de 6 meses, após seus pais se preocuparem com a maneira como ambos urinavam, os meninos foram diagnosticados com fimose. Eles foram encaminhados para a circuncisão com a idade de 8 meses. Em 27 de abril de 1966, um urologista realizou a operação utilizando o método não-convencional de cauterização. O procedimento não saiu como os médicos tinham planejado, e o pênis de Bruce foi queimado além do reparo cirúrgico. Os médicos optaram por não operar Brian, cuja fimose logo desapareceu, sem qualquer intervenção cirúrgica.

David Peter Reimer

Nascimento
22 de agosto de 1965, Winnipeg, Manitoba, Canadá
 
Morte
4 de maio de 2004 (38 anos), Ottawa, Ontário, Canadá
 
Cidadania
Canadá