Frederick Taylor

Frederick Winslow Taylor, mais conhecido por F. W. Taylor (Filadélfia, 20 de março de 1856 — Filadélfia, 21 de março de 1915), foi um engenheiro mecânico estadunidense, inicialmente técnico em mecânica e operário, formou-se engenheiro mecânico estudando à noite. É considerado o "Pai da Administração Científica" por propor a utilização de métodos científicos cartesianos na administração de empresas. Seu foco era a eficiência e eficácia operacional na administração industrial.

Elaborou os primeiros estudos essenciais:llll

Frederick Taylor nasceu em uma rica família quaker de Germantown descendente de Samuel Taylor, que estabeleceu-se em Burlington, New Jersey, em 1677. Franklin Taylor, pai de Frederick, foi advogado educado em Princeton, e construiu sua riqueza com hipotecas. A mãe, Annette Emily Taylor (née Winslow), foi uma ardente abolicionista colega de trabalho de Lucretia Mott. Educado inicialmente por sua mãe, Taylor estudou por dois anos na França e na Alemanha e viajou pela Europa por 18 meses. Em 1872, ele ingressou na Phillips Exeter Academy em Exeter, New Hampshire.

Frederick Taylor

Nome completo
Frederick Winslow Taylor
 
Nascimento
20 de março de 1856, Filadélfia, Pensilvânia, Estados Unidos
 
Morte
21 de março de 1915 (59 anos), Filadélfia, Pensilvânia, Estados Unidos
 
Fortuna
maaap
 
Progenitores
Mãe: Emily Annette Winslow, Pai: Franklin Taylor
 
Cônjuge
Louise M. Spooner
 
Filho(s)
Kempton, Robert e Elizabeth
 
Ocupação
Engenheiro mecânico
 
Prêmios
Medalha Elliott Cresson (1902)
 
Escola/tradição
Administração científica
 
Causa da morte
Pneumonia