Chico Buarque

Francisco Buarque de Hollanda, mais conhecido por Chico Buarque (Rio de Janeiro, 19 de junho de 1944), é um músico, dramaturgo e escritor brasileiro. É conhecido por ser um dos maiores nomes da música popular brasileira (MPB). Sua discografia conta com aproximadamente oitenta discos, entre eles discos-solo, em parceria com outros músicos e compactos.

Filho do historiador Sérgio Buarque de Holanda e de Maria Amélia Cesário Alvim, escreveu seu primeiro conto aos 18 anos, ganhando destaque como cantor a partir de 1966, quando lançou seu primeiro álbum, Chico Buarque de Hollanda, e venceu o Festival de Música Popular Brasileira com a música A Banda. Socialista declarado autoexilou-se na Itália em 1969, devido à crescente repressão do regime militar do Brasil nos chamados "anos de chumbo", tornando-se, ao retornar, em 1970, um dos artistas mais ativos na crítica política e na luta pela democratização no país. Na carreira literária, foi vencedor de três Prêmios Jabuti: o de melhor romance em 1992 com Estorvo e o de Livro do Ano, tanto pelo livro Budapeste, lançado em 2004, como por Leite Derramado, em 2010.

Informação geral

Nome completo
Francisco Buarque de Hollanda
 
Também conhecido(a) como
Chico Buarque
 
Nascimento
19 de junho de 1944 (69 anos)
 
Local de nascimento
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
 
País
Brasil
 
Gênero(s)
MPB, samba, bossa nova, choro
 
Ocupação(ões)
cantor, compositor, dramaturgo, escritor
 
Instrumento(s)
vocal, violão
 
Período em atividade
1962 - presente
 
Afiliação(ões)
Caetano Veloso, Milton Nascimento, Tom Jobim
 
Influência(s)
Noel Rosa, Ismael Silva, Roberto Menescal, Luiz Bonfá, Jacques Brel, João Donato, João Gilberto, Dori Caymmi, Edu Lobo, Elis Regina, Cartola, Tom Jobim, Baden Powell, Vinícius de Moraes, Toquinho>ref name="Allmusic">John Dougan. Chico Buarque - biography (em português). Allmusic. Página visitada em 04 de novembro de 2012.
 
Página oficial
Site oficial