Roger Agnelli

Roger Agnelli (São Paulo, 3 de maio de 1959) é empresário brasileiro e, de 2001 à 2011, foi presidente da Vale.

Formado em Economia pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), trabalhou de 1981 a 2000 no Banco Bradesco, onde iniciou sua carreira, chegando ao cargo de diretor executivo em 1998.

Nesse mesmo período a Companhia Vale do Rio Doce, que já detinha o controle das maiores jazidas minerais do Brasil, foi privatizada por R$3,3 bilhões com financiamento subsidiado, disponibilizado aos compradores pelo BNDES. Entre os avaliadores da empresa estava o Banco Bradesco, que posteriormente criou uma empresa chamada Bradespar para figurar no quadro de controladores de ações da CVRD, esta empresa detém 17,4% das ações.

Além de presidir a Vale, Roger Agnelli também exerceu o papel de conselheiro em grandes empresas brasileiras como a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) e Petrobras. Ele também é um dos vice-presidentes da Abdib. Foi considerado pela Revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009 .

Roger Agnelli

Nascimento
3 de Maio de 1959 (54 anos), São Paulo-SP
 
Ocupação
Empresário (ex-presidente da Vale S.A.)